Bem Vindo a DGM Obras Sociais!

Voluntário em obras sociais

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Vale a pena refletir, você é um projeto de Deus.

Não há maior prazer do que servir!

A misericórdia do Senhor, dura para sempre e se renova a cada manhã em nossas vidas.


Ele começa o dia com um sorriso! E você?

Pra você que acordou hoje com preguiça de ir trabalhar, ou se encontra desmotivado, magoado com alguém veja se o seu desconforto é maior que o dele.
Tenho certeza que a frase que segue abaixo é a mais pura verdade.
Quando algo não sair ao seu contento , não esbraveje . Silencie e veja o que de novo você pode aprender com isso.
Nada é por acaso e tudo tem um propósito. 
Com carinho e com o desejo que sua semana seja próspera e abençoada!!!




sábado, 25 de junho de 2011

CACHORROS MAIS RICO DO MUNDO‏/na contra mão dos humanos

Não há maior prazer do que servir!


Se você não tem motivo para se escandalizar:

Veja isto:
Cão vive melhor do que maioria cristã
Cachorro mais rico do mundo tem conta em banco com U$ 372 milhões
Um pastor alemão com fortuna avaliada em US$ 372 milhões. Este é o Gunther IV, que de acordo com o website Bankling, é o cachorro mais rico do mundo. O dinheiro vem de família.  É herança de seu pai Gunther III. Além de rico, o cãozinho parece ser um bom negociador: no ano 2000, comprou uma casa da cantora Madonna por 5 milhões de libras.
No segundo lugar, estão os cães da apresentadora americana Oprah Winfrey. No testamento da estrela há uma condição especial para os bichinhos: US$ 30 milhões serão depositados na conta deles (sim, eles têm conta corrente).
O site também listou os gatos mais ricos do mundo e em primeiro lugar ficou Tinker. O animalzinho visitava constantemente uma viúva chamada Margaret Layne. Por causa desta lealdade, ganhou uma poupança de US$ 226 mil e uma casa, avaliada em US$ 800 mil.
Confira a lista dos cães mais ricos do mundo, de acordo com o website Bankling

1 - Gunther IV
Fortuna estimada em US$ 372 milhões
Até uma casa de oito quartos em Miami ele já comprou. Quem vendeu? A cantora Madonna.
2 - Os cachorros de Oprah Winfrey
O testamento da apresentadora garante para os bichinhos US$ 30 milhões.3 - Trouble HelmsleyFortuna estimada em US$ 2 milhões
O maltês é o cão de Leona Helmsley, dona de um império imobiliário nos Estados Unidos. Ela morreu em agosto de 2007, aos 87 anos. Ficou conhecida por ter tirado seu neto de seu testamento, mas manteve o seu cão. O animalzinho teria direito a receber US$ 12 milhões, mas um juiz vetou a quantia e permitiu "apenas" US$ 2 milhões para o bolso de Trouble.

4-Flossie
Fortuna avaliada em US$ 3 milhões
Ele é rico e herói. Já salvou sua dona, a atriz norte-americana Drew Barrymore, de um incêndio em sua casa em Miami. A atriz estava dormindo e não percebeu o fogo. O labrador amarelo é que foi acordá-la. De acordo com o testamento da atriz, uma casa avaliada em US$ 3 milhões já é do cãozinho.


5 - Tina and Kate

Fortuna avaliada em US$ 1 milhão cada
As collie crosses inglesas receberam a fortuna após a morte de sua dona, Nora Hardwell. Atualmente elas moram em um sítio na Inglaterra, com mais de 20 mil metros quadrados.

6- Jasper and Jason
Fortuna avaliada em US$ 150 mil
Os cãezinhos receberam juntos US$ 50 mil quando sua dona, Diana Myburgh, quando ela morreu. A fama dos cachorros fez o dinheiro triplicar. Eles também têm uma propriedade de pouco mais de 5 mil metros quadrados, que vale mais de US$ 1 milhão. Entre os funcionários da casa, está até um chef pessoal.



Fonte:  Site Época

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

PENSE, FAÇA E DEPOIS ME DIGA O RESULTADO.

Não há maior prazer do que servir!

ALEXANDRE » Contatos de ALEXANDRE


Você é egoísta? Você já praticou uma boa ação hoje? Ou melhor, você já pensou nisso? Já imaginou o quão salutar seria você ter, como princípio fundamental na sua vida, realizar, todo dia, algo construtivo que trouxesse mais alívio e conforto para o outro e até para você mesmo? Fazer o bem "sem olhar à quem" tem esta virtude, sabia? Minimizar a carga - sua ou do outro - facilitar o caminhar nesta trajetória da vida, trazer Paz, o sentimento do dever cumprido e a realização pessoal.
Imagine, embora que seja somente como um simples exercício de reflexão, como o mundo seria muito melhor se nós, todos nós, nos contaminássemos desta benigna prática?
Vamos viajar na idéia e conceber que isso fosse possível, - eu particularmente acredito que é - e se transformasse em matéria obrigatória imposta por nós a nós mesmos: temos que praticar, todo dia, no mínimo, uma boa ação.
Como seria bom! Afinal, fazer o certo ou o errado custa o mesmo preço. Então, por que não fazer o certo?
A diferença, sem dúvida, estaria no resultado daquele ato, na consagração daquela atitude, na realização daquela idéia.
Esta alegria em fazer o bem seria um lenitivo para cada um de nós e para o outro. A pergunta é: que resultados desejamos para nós mesmos e para o nosso próximo? Queremos fazê-lo feliz? Ou, ao contrário, queremos mesmo é que ele se dane?
Imaginemos - eu sei que é utopia - uma realidade dessas, onde todos, de todas as classes, dos palácios às choupanas, agíssemos em busca da prática de boas obras, do auxílio, da tolerância, da compreensão e da harmonia em relação aos outros, sem distinção de classes sociais, credos, raças, opções sexuais ou times de futebol? Seria muito bom, não é mesmo? Então? Faça a sua parte, procure agir nos pequenos detalhes, onde você estiver e com quem você estiver... Enfim, é só dar o ponta pé inicial.
Tudo é uma questão de querer e fazer. O segredo é: Pensar grande, iniciar pequeno e não parar nunca. E, sobretudo, começar já, agora mesmo, neste instante, com as condições que tem neste instante, aqui e agora.
Acredite. Esta é uma decisão que se tomada e, de fato, praticada somente benefícios traz, para todos, sobretudo, para o agente, ou seja, para aquele que age, para aquele que faz.

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

A ação social cristã e a tecnologia.

Não há maior prazer do que servir!


A ação social cristã e a tecnologia.


O presente depende do passado e o futuro depende do presente. 
O século XXI tem como característica a presa; o que no passado durou milhares de anos para acontecer, no presente tem acontecido em poucos anos e no futuro ainda se nos afigura correndo mais rápido.
A Ação Social Cristã do futuro deve ser feita hoje, e já devia ter acontecido ontem.
O cristianismo tem perdido muito tempo, parecendo adormecido diante dos desafios e oportunidades do mundo moderno. O homem é basicamente um ser social, mas tem sido transformado em máquina fria, cética, manipuladora. Em contrapartida, vemos surgir uma onda de misticismo, de espiritualidade, como prova de necessidade sentida de mais amor, fé e esperança.
 A base de toda ação cristã deve ser o amor. 
Em todos os tempos, lugares e situações o amor deve estar presente como característica do cristão (Jo13. 35). O mundo sempre precisou, precisa e precisará do amor que se demonstra em ações práticas e profundas ( Rm12.9-18).
A igreja cristã deve estar atenta ás oportunidades de mostrar o seu amor em ações práticas através de um contato pessoal com os carentes, não só de bens materiais, mas de companhia, de um objetivo de vida, carentes de atenção, de oportunidades de ser alguém importante ( Mt 18.2).
No século XXI o mundo continua dividido entre fracos e fortes, ricos e pobres, cristãos e não-cristãos, doentes e sadios..... É necessário  uma volta ao cristianismo primitivo, onde pequenas comunidades repartiam, conheciam as necessidades uns dos outros, se sensibilizavam, demonstravam a compaixão cristã e se uniam para servir ( Atos 2.44-47).
Nos dias atuais devemos levar em conta não apenas o uso da tecnologia e sua funcionalidade, mas usá-la em função dos interesses sociais. Pois ela não pode ser apenas aquilo que provoca o crescimento econômico, levando a riqueza a um pequeno grupo, mas que o seu uso maximize levando em conta os benefícios de toda a população.
Assim, usando as mesmas idéias, oremos para que o futuro da ação social cristã esteja em usar as modernas tecnologias para proporcionar o amor de Cristo ao mundo perdido com a máxima rapidez, sem descuidar do contato pessoal que valoriza o individuo, dando-lhe dignidade, responsabilidade e liberdade.