Bem Vindo a DGM Obras Sociais!

Voluntário em obras sociais

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Ajuda aos Necessitados


Não há maior prazer do que servir!

Ajuda aos Necessitados




Em 2corintios 9:6,12 Diz:

6- E digo isto: Que o que semeia pouco pouco também ceifará; e o que semeia em abundância em abundância também ceifará.
7- Cada um contribua segundo propôs no seu coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.
8- E Deus é poderoso para tornar abundante em vós toda graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, toda suficiência, superabundeis em toda boa obra,
9- conforme esta escrito: Espalhou, deu aos pobres, a sua justiça permanece para sempre.
10- Ora, aquele que dá a semente ao que semeia e pão para comer também multiplicará a vossa sementeira e aumentará os frutos da vossa justiça;
11- para que em tudo enriqueçais para toda a beneficência, a qual faz que por nós se dêem graças a Deus.
12- Porque a administração desse serviço não só supre as necessidades dos santos, mas também redunda em muitas graças, que se dão a Deus.

O Conhecido teólogo Wiliam Barckay, no seu livro "As Cartas aos Corintios", mensiona quatro motivações para a contribuição dos fiéis a Deus.

São elas:
1-Como dever. 2-Para experimentar a auto-satisfação, 3- Para ganhar prestigio e honra, 4- Porque é constrangido pelo amor.

Qual destes quatro motivos é o correto? Resp.: Porque é constrangido pelo amor!

Nosso objetivo neste blog, é incentivar a que todos, sem exceção, participem da Obra Social, seja por nosso intermédio, ou por outra Obra Social mais próxima de Sua casa.
Na verdade as necessidades nossas, só serão supridas, quando nos dispormos a suprir ao nosso próximo. O que na verdade é o que Paulo afirma: "O que dá a semente ao que semeia e pão para comer também multiplicará a vossa sementeira e aumentará os frutos da vossa justiça".

A timides:

Muitas pessoas são timidas para contribuir, por isso a tantas pessoas frustadas na sua vida material. Deus também não se agrada dos timidos, estes também não herdarão o mais importante deste evangelho, é o Reino dos Céus.
*Por acaso Deus se agrada com quem contribui com tristeza ou por obrigação?
*Deus aceita ofertas baseadas em legalismo?
*Qual deve ser a motivação de nossa generosidade?
*Contrubuir com suas ofertas como um serviço a Deus ou um ministério sagrado conf.
Rm.15:26,27 e Fp.2:17?

"A Importância da Ajuda aos Necessitados"


Naqueles dias, a Judéia enfrentava tempos difíceis em virtude de uma escassez, que deixou muitos dos santos em grande aflição (At.11:28,29). Conforme esta passagem, esse fragelo ocorreu nos dias do imperador Cláudio César, que reinava de 41 a 54 d>C., isto é, na época do ministério de Paulo na provincia da Ásia Menor.

Porque devemos contribuir? e isto se tornar um dever a ser feito?
Ás vezes, valorizamos excessivamente a pregação, o ensino e a leitura de temas doutrinários, e nãos nos incomodamos tanto com assuntos que julgamos triviais ou de somenos importância, como é o caso das dificuldades, carências, perdas e expectativas frustadas dos nossos irmãos em Cristo, e também aqueles que vivem na sargeta. O que na verdade contribuir significa ter previlégios e as bênçãos da contribuição financeira.
Será que hoje, ninguém percebe a realidade dos menos desfavorecidos. Há alguém que precise de nossa ajuda? Creio que sim, tanto aqui no Brasil, como na Africa ou Índia.

Se nós não demonstramos simpatia e fraternidade nesta hora, quando será que faremos isto? Ainda que eu e você sejamos uma gota de água no meio deste oceâno, devemos encorajar-nos e incentivar a outros nesta Obra Social, que é um serviço a Deus e Um Ministério de Amor.

E ninguém deve contribuir com o que sobra. E isto foi o caso de Caim, que era mau.
Devemos contribuir com a nossa prosperidade individual, ou seja, conforme eu contribu-o. Deus será fiel no que afirmou Paulo, que Ele também fará prosperar a nossa sementeira, ou nossa prosperidade, afim de que também aumentemos nossa contribuição a medida da nossa fé. Veja o que diz Paulo: "O que semeia pouco pouco também ceifará; e o que semeia com abundância em abundância também ceifará"(2Co.9:6).
Certo fazendeiro estava frustado e a reclamar que sua colheita não produzia tanto quanto a de seus vizinhos. Ao testar o solo descobriu que não havia nenhuma deferença entre suas terras e as deles. A questão é que ele semeava a metade da quantidade de sementes dos vizinhos. Deus nos recompensará por nossa generosidade amorosa(Pv.11:25;Gl.6:7).
O importante para Deus não é a quantia da contribuição, mas o grau de sacrifício e desprendimento. O que fez a viúva pobre no templo(Mc.12:41,44).

CONCLUSÃO

Devemos ser fiéis em nossas contribuições e doações para a "Obras Sociais", seja na sua igreja, associação, azilo, orfanato, pois, tudo pretence ao Senhor Jesus, nosso trabalho, familia, saúde, tudo provém de Deus. O fato de não sabermos se estaremos vivos amanhã evidência, inclusive, que a nossa vida é uma dádiva divina. Somos privilegiados por Deus e nos constituir seus mordomos. Que sejamos todos mordomos fiéis (Lc.12:42)

Matérias deste assunto "Obras Sociais", foi extraido e pesquizado da revista Lições Bíblicas, das Ass.de Deus, lição 12 de 21/06/2009. E que também redigimos para adequar-se a este blog. O que veio nos ajudar nesta hora em que estamos montando este blog, com a finalidade de incentivo aos amantes de Boas Obras.
Como também não poderiamos deixar de revelar aqui, que a intenção maior deste blog é formar uma rede de Obras Sociais, quem sabe em um tempo recorde de espectativas humanas. Como poderiamos ainda dizer, quem semeia abundantemente receberá com abundância, é a nossa meta, e portanto deixar aqui registrado e postato para testemunho da realidade do que transcrevemos.
Obrigado!
"Um Ministério de Amor"

terça-feira, 16 de junho de 2009

Gerenciamento de Projetos - Guia para Iniciantes - 16 Passos!

Não há maior prazer do que servir!

BEM ÚTIL esse post do Lee Iwan!



Projetos precisam: envolver ativamente todos os membros, ter excelente comunicação e acesso às informações do projeto, ter um resultado esperado em comum, ter datas específicas para o término das tarefas, e ter todas as ferramentas (quando necessárias) disponíveis.

Se não há entusiasmo no grupo, seu projeto está morto ou fadado a ser incrivelmente medíocre e tedioso.

Tudo se baseia em questões muito simples: o quê, quando, quem, como, quanto custa, e acertar datas específicas e compromissos dos membros.

A chave do sucesso é a liderança manter o nível de entusiasmo dos membros, juntamente com alocar corretamente os recursos e as ferramentas quando necessárias, e compartilhar um sentimento de urgência em levar o projeto a sua conclusão.

Aqui está um simples guia que pode ajudar a organizar o projeto e os participantes.


16 Passos para finalizar um projeto:

1. Determine o objetivo e o resultado que é esperado. Escreva-os.

2. Identifique as pessoas que podem se interessar ou que serão necessárias para o projeto. Peça que participem e comentem sobre seu nível de entusiasmo e sobre se o projeto pode ou será bem sucedido.

3. Identifique um líder para o projeto ou coordenador, que deve ser aceito por todos no projeto, se não houver consenso, continue tentando.

4. Comece o "Brainstorming" e crie cenários sobre como atingir o resultado esperado (que deverá ser quebrado em sub-tasks). Marque uma data quando todo esse pensamento criativo for concluído e escreva um rascunho para ser impresso e compartilhado.

5. Identifique os fatores que influenciam ou limitam o projeto que estão fora do seu controle (forças econômicas, desastres naturais, competição, etc) e fatores que estão sob seu controle (capital investido, corpo de funcionários, preços, etc). Identifique os riscos ou ameaças que podem afetar o projeto. Escreva-os.

6. Identifique as ferramentas (capital, equipamento, maquinário), recursos humanos (administração, vendas, fornecedores, clientes), e o tempo requerido para completar os objetivos. Escreva-os.

7. Organize as pessoas envolvidas no projeto. Revise o projeto proposto, os fatores que podem influenciá-lo, as ferramentas, as pessoas, o tempo. Determine o melhor caminho, ferramentas, etapas e escreva-os.

8. Organize as tarefas e as sub-tarefas em ordem cronológica. Escreva.

9. Pergunte para cada participante se ele está confortável e comprometido em participar do projeto, completando suas tarefas no tempo e atingindo o resultado final. Se não houver algum problema, descubra a causa e resolva.

10. Elabore uma lista de ações e resultados iniciais que devem ser começados e entregues. Identifique as partes responsáveis e as datas. Escreva.

11. Pense em datas específicas e realistas para a conclusão das tarefas, sub-tarefas e objetivos. Escreva.

12. O líder deve acompanhar todas as datas e compromisso. Disponibilize essa informação para todos os envolvidos. Comunique todas as entregas das sub-tarefas ou falta de entregas com o grupo.

13. Certifique-se de que o grupo está consciente do status do projeto em todos os momentos, todos devem estar ou aguardando alguma informação, ou o término de alguma atividade ou trabalhando para obter a informação ou finalizando uma atividade.

14. Se um membro do grupo não estiver apto ou não irá terminar as tarefas no prazo, descubra o motivo e aja imediatamente para ajudá-lo ou substituí-lo.

15. Para qualquer problema maior ou impasses, coloque o grupo junto para trabalhar novos cenários e datas de entrega.

16. Comemore as superações e a finalização de cada fase.


Só umas coisinhas que acho FUNDAMENTAIS:


Estamos lidando com PESSOAS. Não somos seres 100% racionais.

Relacionamento, estado emocional, desejos individuais, personalidade... tudo isso AFETA MUITO, negativamente ou também positivamente, o resultado final de um projeto. Cabe ao líder saber trabalhar com isso.


Vivemos num tempo de grandes e frequentes MUDANÇAS. De uma hora para outra, tudo o que você ficou meses planejando pode ir para o ralo.

Pode acontecer de ter que parar tudo, começar do zero ou mudar totalmente de direção.

Saiba diferenciar a hora de desistir, a hora de mudar e a hora de persistir.

Extraido do blog do Nícholas Fernandes Gimenes

Postado por Pr.Dilson: "Tempos de Deus"
"DGM Noticias Sociais Evangpelicas"